sexta-feira, 11 de maio de 2012

Implantação da Ufoba, Universidade Federal do Oeste da Bahia

sede da Ufoba em Barreiras em construção



Esta semana, 10 de maio na quinta-feira, foi realizada, na cidade de Barreiras, a Audiência Pública para a implantação da Universidade Federal do Oeste da Bahia. O superintendente da Codevasf, Lourival Gusmão, esteve
presente no evento, enfatizando o importante processo de participação e apoio da Codevaf na discussão e implantação da universidade. "Principalmente pela contribuição para o desenvolvimento regional dessa importante região do Vale do São Francisco, por meio da formação de Capital Social", acrescentou.





A UFOBA tem em seu formato original a implantação de quatro campi nas cidades baianas de Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Barra e Luiz Eduardo Magalhães, todas na área da 2ª Superintendência Regional da Empresa.





A Codevasf vem auxiliando no processo, por meio de estudos de viabilidade logísticos e apoio nas possíveis definição de áreas para a implantação das sedes e áreas experimentais. O estudo de viabilidade das cidades de Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória, por exemplo, foi executado pela Codevasf.





Lourival Gusmão, afirmou, no evento, que o processo de implantação da UFOBA tem o apoio irrestrito da Codevasf, pois tem como objetivo paralelo de levar desenvolvimento para o médio São Francisco baiano, principalmente na pesquisa e convênios na área do Programa de Revitalização de Bacias Hidrográficas e nos projetos e estudos alternativas para a convivência com o semiárido, para que os flagelos da seca na região sejam inseridas na essência dos objetivos dessa nova Universidade. Acrescentou que todas as cidades deverão participar da implantação.






Fonte: 2ª Sup. Codevasf


A luta do Território da Bacia do Rio Corrente para que fosse implantado um Campus da Ufoba em Santa Maria da Vitória.



Audiência ocorrida em Santa Maria da Vitória em 28 de outubro de 2011 reivindicando um Campus da Ufoba.
A luta do Território da Bacia do Rio Corrente para que fosse implantado um Campus da Ufoba em Santa Maria da Vitória.






Veja mais fotos:



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Que venha a Ufoba!!! Sou prova viva de como é triste sair da casa dos seus pais para ir estudar tão longe, mesmo na minha cidade tendo um campus da Uneb, porém a oferta de curso ainda é muito pouca.

    ResponderExcluir
  2. Toda instituição pública de ensino superior tem responsabilidade com social com a região na qual é inserida. A Universidade Federal do Oeste da Bahia seguramente irá contribuir para o desenvolvimento do Oeste baiano que perpassa e amplia o atual modelo de desenvolvimento existente na região. Isto porque uma IFES é multidimensional e plural na perspectiva de interagir com os vários aspectos da vida humana. A área de Ciências da Saúde (medicina, enfermagem, etc) por certo ajudará a qualificar o atendimento à população da região abrindo novas possibilidades de atendimento médico e de serviços de prevenção. No campo das Ciências humanas, ter um curso de Ciências Sociais (sociologia, antropologia e ciência política) abre portas para um leque de estudos que podem ser feitos sobre a região e que permitirão o aproveitamento de potencialidades até então desconhecidas e ou pouco trabalhadas , bem como permitirão entender melhor as perspectivas e necessidade dos diversos grupos humanos que existem na região, permitindo, assim, construir políticas públicas mais afinadas com as necessidades desses grupos. Estes são apenas dois exemplos do que uma instituição pública de ensino superior pode fazer por uma região. Existem muitos mais possibilidades. Parabéns Oeste da Bahia!

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários anônimos.

Se gostou da matéria, Compartilhem.